Surpreenda-se

17:02:00

Algo que eu faço (e muito) é ler. Livros, HQs, mangás, bula de remédio, tem letrinha eu tô lendo. Tenho os meus autores favoritos, minha lista de livros que quero ler e mesmo assim passo horas preciosas dos meus dias procurando algo novo. Um livro de um autor renomado há muito esquecido, um lançamento com grande hype, uma obra desconhecida, mas muito elogiada pela crítica, seja lá o que for, procuro sempre conhecer coisas novas para futuras leituras.

Isso me fez perceber que eu já não me surpreendia tanto com as leituras. (Isso se encaixa também com filmes e séries, por exemplo, mas não vou falar disso aqui porque ainda quero chegar em algum lugar, então calma aí que já tô chegando). De frente para onde trabalho há uma livraria e um pouco mais adiante uma banca. Um dia, simplesmente do nada, pensei: "Vou entrar ali e comprar alguma coisa. Qualquer coisa. Tive um dia duro de trabalho, eu mereço!". Então entrei na banca e comprei um mangá. Volume 1 de um encadernado do qual nunca tinha ouvido falar antes. A capa era maneira, a sinopse misteriosa e dava pra ver que a edição tinha sido caprichada pela editora. Paguei meio ressabiado, mas muito curioso para saber o que tinha em mãos.

Foto para ilustrar que eu leio muito, muito mesmo.

Abri e devorei o mangá. Não tinha noção sobre o que era a história, qual o tema, qual o gênero, nadinha. Li e amei. De verdade. Talvez o mangá nem seja tão bom assim, mas a novidade daquilo tudo me agradou. Foi então que percebi que era isso o que faltava. A surpresa, o desconhecido. De vez em quando precisamos ser desbravadores. Entrar na caravela e explorar os oceanos. Você pode acabar parando em um mundo totalmente novo e isso revolucionará sua vida. Ou apenas o seu dia. O que já é uma grande conquista atualmente.

Hoje, prometi para mim mesmo que faria isso ao menos uma vez por mês. Vou entrar naquela banca ou livraria, olhar ao redor e escolher um item desconhecido. Qualquer coisa que me chame a atenção.

Fica o desafio. Você que está lendo isso, qual foi a última vez que foi surpreendido? Que deixou o caos reinar e o acaso decidir? Planeje as coisas importantes da sua vida, mas permita-se uma surpresa às vezes. O acaso te leva a lugares impressionantes.

PS: O tal mangá era o Ajin - Demi Human, lançado pela Panini. Não vou dar informações sobre, talvez  ele lhe surpreenda também.

-

Esse texto foi escrito com a seguinte trilha sonora (e a base de um bom café):
  1. Móveis Coloniais de Acajú - O Tempo
  2. Korn - Hater
  3. Slash's Snakepit - Beggars & Hangers On
  4. Medulla - Bom Te Ver
  5. Huntingtons - Bonzo Goes To Bitburg (Ramones cover)

You Might Also Like

1 comentários

  1. "Você que está lendo isso, qual foi a última vez que foi surpreendido? Que deixou o caos reinar e o acaso decidir?"

    Hoje mesmo, quando conheci seu antigo blog, "Os Dragões de Fogo", e quando conheci esse blog, que continua a me surpreender, obrigada <3.

    ResponderExcluir

Instagram

Spotify

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *