Sobre (viver)

14:23:00

Um avião cruzou o céu e, tampando o sol, caiu na casa dele. Olhando pela janela a sombra em sua direção, o desespero deu lugar à calmaria e ele abraçou a morte. O avião despedaçou sua morada, mas mesmo assim ele sobreviveu.
Várias espaçonaves vindas de uma galáxia muito, muito distante sobrevoaram seu país e um exército alienígena tomou conta da selva de pedra. Criaturas verdes disparando armas a laser causaram grande temor e destruição, mas ele sobreviveu.
Mortos-vivos levantaram de suas tumbas. Corpos de carne putrefata vagavam pelas ruas trazendo caos e destruição. Agarravam e mordiam tudo o que era vivo, mas ele escapou e sobreviveu.
O circo chegou à cidade e os palhaços psicopatas atacaram o público. Risadas maquiavélicas ecoaram pelo picadeiro enquanto pessoas eram mutiladas. Sangue e gritos preenchiam o ambiente fechado, enquanto os palhaços psicopatas corriam com facas na mão, mas ele sobreviveu.
Um gigantesco meteoro cobriu o sol e atingiu o planeta. Os vulcões entraram em erupção, os mares castigaram a costa com tsunamis, os dinossauros voltaram a caminhar pela Terra, o céu escureceu ao meio-dia e uma chuva de pedra caiu ao entardecer. Mesmo assim ele sobreviveu.
Em uma tarde calma e fria, uma breve brisa de primavera passou e ele se apaixonou. Então ele morreu.

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Spotify

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *